Hidrolândia GO

Por onde andam os pré-candidatos de Hidrolândia? Sumiram todos!

Farinhas do mesmo saco? O futuro repete o passado como um dejavu, uma janela no espaço tempo criado pela bulinação da física quântica em um laboratório subterrâneo qualquer?

Tenho certeza que não! O que paira no ar sem precisar ser um especialista ou cientista político, parece ser um acórdão pelos bastidores.

Enquanto burros correligionários se matam pelas redes sociais, ficam com raiva uns dos outros, se xingam e se digladiam pelas ruas da pequena Hidrolândia, políticos e postulantes, tomam cerveja, festejam e riem da cara daqueles que irão votar neles no momento exato.

Como diz a letra de Cazuza: Eu vejo o futuro repetir o passado, eu vejo um museu de grandes novidades; vemos que todos, mas todos mesmo! Desapareceram de forma repentina.

Poderiam pelo menos serem mais inteligentes saindo de fininho um de cada vez, mas até seus lacaios pagos se evadiram dos bate bocas que nada resolve, só causa animosidade e discórdias perenes por onde passam.
Estes soldados milicianos desaparecem junto com seus generais, perdem a motivação, porque são apenas mercenários necessários sem objetivo ou ideologia. Interessa-lhes apenas o dinheiro mas se acovardam junto com seus mandantes.

Quase generalizando, digo que a política de nossa cidade é podre, fedorenta e sórdida.

Salvam poucos, pois o interesse pessoal reina acima do coletivo. É tanta historia de rilias infantis, de macacos que pulam de galho em galho que da nojo ver quem era contra e agora está junto.

Então, estamos observando os fatos. E doa aquém doer meus artigos pois se tem uma coisa que tenho é independência cultural, política e ideológica.

Artigo: Claydson Silva.

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.